Campos de Força

 

A difusão sempre foi pauta na Feira da Música, agindo na perspectiva de promover conexões entre as cenas e os circuitos da música do Brasil. Aqui nesta dimensão, a difusão continua, mas com uma perspectiva de voz e não apenas de vitrine. Os Campos de Força não se apresentam como uma mostra de música comum, mas sim como uma programação inspirada na diversidade musical e na pluralidade, colocando luz na persona escolhida para a Feira hackeada: a mulher negra e periférica.

Três espaços conectam-se criando esses Campos de Força: o Palco TransFeira, o Palco Mineração de Asteróides localizados nos Anfiteatros do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura e o Palco Acelerador de Partículas na entrada do Teatro Porto Dragão.

programação

Artistas

PARCEIROS E APOIADORES